google-adwordsQuem já precisou fazer uma pesquisa no Google (quem nunca?) deve ter notado que uma parte do resultado da busca ganha destaque à direita e, em alguns casos, no topo da página. Esses são os Links Patrocinados, anúncios pagos que atingem diretamente um determinado público com palavras-chave específicas.
Através deles, o usuário é levado à página da empresa de maneira muito mais rápida e precisa. Vale lembrar que o serviço não se limita apenas ao Google. Facebook e Yahoo!, por exemplo, também trabalham com anúncios segmentados.
Vantagens não faltam para quem contrata este tipo de serviço. Aqui vão algumas delas:
* Aumenta o tráfego no site, uma vez que a empresa fica em evidência nos resultados de busca;
* Ao utilizar algumas palavras-chave, o usuário ativa a apresentação do anúncio nesses espaços em destaque (no caso do Google, à direita e no topo). Quanto mais precisas elas forem, mais chances o seu negócio terá de ser descoberto pelo público de seu interesse;
* Geram relatórios relevantes que tomam como base o impacto das palavras-chave compradas e das campanhas realizadas;
* É possível fazer com que os anúncios apareçam apenas em um local específico, seja ele país, região ou cidade, e interessante para o negócio;
* O anunciante tem total controle sobre o investimento e isso pode acontecer de 3 formas: através do CPC (Custo Por Clique) em que ele paga apenas por cada clique conquistado; o CPM (Custo por Mil) que, o preço é definido por mil anúncios exibidos;  e o CPA (Custo por Aquisição ou Ação), que dá ao anunciante a opção de pagar um valor por conversão, uma vez que o Google AdWords indica quais cliques têm mais chances de virar uma conversão;
* Sempre que um anúncio do Google AdWords é exibido, ele passa pelo que chamamos de “leilão de anúncios”, um processo que define quais deles serão exibidos e em qual ordem isso irá acontecer. De certo modo, o valor pago por cada clique determina a localização do seu anúncio no site, portanto quanto maior o investimento, maior será o destaque. Mas isso não basta. A relevância do anúncio para a pesquisa feita também conta bastante neste processo e é por isso que quanto mais precisa for a segmentação, melhor para o negócio.